6 MIN DE LEITURA

Plantio da safrinha avança com preços do milho em queda

05 de abril de 2024

O plantio da safrinha de milho do ciclo 2023/2024 entrou na reta final. Nas últimas semanas, as operações aconteceram em ritmo acelerado: em 18 de março o avanço era de 92,3%, passando para 96,8% uma semana depois e 98,7% no último dia do mês.

As chuvas recentes auxiliaram o desenvolvimento do cereal, trazendo melhores perspectivas para a produção de milho, de acordo com informações de produtores consultados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Esse cenário, aliado à expectativa de uma boa safra não só no Brasil, mas também na Argentina, contribuiu para um movimento de queda nos preços do milho. Nas negociações, os produtores até aumentaram a fixação de oferta em determinadas regiões, mas apenas para manter reservas. Enquanto isso, a demanda se mostra mais retraída, devido ao bom abastecimento do cereal e sem necessidade de comprar grandes volumes no curto prazo.


Perspectivas para o mercado global de milho

Além disso, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou, no último balanço trimestral, que os estoques americanos de milho chegaram a 212,1 milhões de toneladas. Isso representa um crescimento de 13% se comparado ao mesmo período do ano passado.

Por outro lado, no relatório de intenção de plantio de milho, o órgão indicou que serão semeados 36,4 milhões de hectares na próxima safra. Isso representa 5% a menos do que o registrado no último ciclo, ficando abaixo do esperado pelo mercado. Isso porque o baixo índice pluviométrico segue preocupando os agricultores dos Estados Unidos, porém, os trabalhos ainda não começaram na região e a área só deve ser definida no próximo mês.

O professor Marcos Fava Neves comenta a situação do mercado mundial de milho:

"Neste momento, todas as atenções do agro mundial estão voltadas para o milho, com a segunda safra do Brasil em andamento. O USDA estimou a safra em 124 milhões de toneladas, enquanto a Conab projetou 112 milhões de toneladas. Dependendo do que acontecer no Brasil, muda o comportamento do plantio dos americanos. Por isso é um cenário complexo de analisar, com uma nova emoção a cada dia", comenta o Doutor Agro.


Giro de notícias

A produção de algodão para a safra 2023/2024 deve atingir novo recorde de 3,5 milhões de toneladas. Esse crescimento será impulsionado por um aumento de 15,4% na área plantada, que alcançará 1,93 milhões de hectares.

O Porto de Santos registrou movimentação recorde no primeiro bimestre do ano. Açúcar, soja, milho, carnes e celulose apresentaram volumes maiores de exportação neste período.

O calor afetou em até 30% a produção de leite no Rio Grande do Sul. A alta umidade no verão causou desconforto térmico nos animais.


Novidades da semana

O Impulso Pass é a nova experiência da Bayer para clientes de 2 a 5 estrelas. Com o programa, você vai resgatar ingressos para os principais eventos e feiras do agro por todo o Brasil. Serão diversos eventos à sua escolha, espalhados ao longo do ano.
Funciona assim: clientes 2 e 3 estrelas podem resgatar um ingresso, e clientes 4 e 5 estrelas podem resgatar dois ingressos. Essa experiência exclusiva é um benefício que você vai ter a partir da sua classificação de estrelas, ou seja, não vai consumir pontos nem impulsos!

Os resgates estarão disponíveis a partir do dia 9 de abril e a quantidade de ingressos é limitada, portanto, pode se esgotar sem aviso prévio!

E por falar em eventos do agro, entre os dias 8 e 12 de abril acontece a Tecnoshow Comigo, em Rio Verde, Goiás. A Bayer estará presente com várias inovações para a jornada do agricultor, desde o planejamento até a colheita.