10 MIN DE LEITURA

Liara Maganha: conheça a produtora à frente do Grupo Antaris

03 de abril de 2024

Quem trabalha com agricultura sabe muito bem: cuidar de um negócio a céu aberto é um desafio constante. Mas para a produtora Liara Maganha, de Laguna Carapã, MS, desafio não é sinônimo de problema. O segredo dela para encarar os contratempos é cultivar inteligência emocional e autoconhecimento.

No seu dia a dia, no escritório do Grupo Antaris, do qual ela é CEO, o trabalho não para: é papelada para colocar em dia, telefonemas com os fornecedores e com os clientes, além do direcionamento aos colaboradores, reuniões para definir metas e solucionar imprevistos. Mas a rotina de Liara não se resume ao ambiente corporativo, seu trabalho também continua no campo, onde muitas vezes os problemas são até maiores.

"Ter a inteligência é conseguir manter o equilíbrio quando acontece algo mais ou menos impactante. A partir do momento que você tem esse equilíbrio, você consegue ter mais clareza e mais calma para tomar decisões assertivas. Isso faz com que o produtor rural não sofra tanto", comenta.

O que Liara também aprendeu trabalhando com agricultura é a importância da relação e preocupação com os colaboradores, ponto que está diretamente ligado à produtividade. "A gente passa muita parte da nossa vida no trabalho, então, se o ambiente é agradável, se você se sente bem nele, isso faz bastante diferença", completa.


Pavimentando o caminho

Essa visão de gestão e da condução da empresa se reflete na maneira como Liara enxerga o processo de sucessão no negócio. No caso dela, a sucessão familiar ocorreu naturalmente porque ela sempre trabalhou ao lado do pai por iniciativa própria, desde o início da adolescência.

Mas para além das relações familiares, ela enxerga a sucessão como algo que não se restringe a um processo de pai para filho, mas também de um colaborador para o outro. "Toda vez que a gente desenvolve, ensina alguém para assumir uma nova função ou para ficar no nosso lugar, significa que nosso trabalho terá continuidade e está sendo sustentável."

Mãe de duas filhas, a Liara também segue esses passos com elas. A produtora acredita que as pessoas precisam ter um objetivo, precisam se engajar com uma missão para enxergarem propósito em seu trabalho. "Eu acredito que toda vez que você dá uma missão para uma pessoa, ela vai abraçar aquela história. Assim como eu faço com as minhas filhas, dependendo da idade que elas estão, dou pequenas responsabilidades, que vão aumentando gradualmente. Faço o mesmo com todos que estão à minha volta."


Parcerias que levam mais longe

Outro ponto importante para o sucesso dos negócios são as parcerias que a Liara fez ao longo dessa jornada, e é claro que a Bayer não estaria de fora.

"Na parte de tecnologia, usamos Climate FieldView™. Na parte dos químicos, sempre procuramos usar Fox® Xpro ou algum herbicida que a Bayer nos oferece, de acordo com a situação com a qual estamos lidando naquele momento", conta a produtora sobre as estratégias de manejo das lavouras de milho e soja.

Essa é Liara Maganha: produtora rural, administradora, mãe e, sobretudo, uma apaixonada pelos caminhos e pelo crescimento do agro brasileiro. "Para mim, agricultura é sinônimo de desenvolvimento sustentável. E sustentabilidade não só o cuidado com o meio ambiente, mas tudo aquilo que gira em torno do negócio, todos os objetivos e projetos que são duradouros e que podem trazer um impacto positivo na vida das pessoas", conclui.