6 MIN DE LEITURA

Como o posicionamento de híbridos pode impactar o estande final?

22 de novembro de 2023

Para obter o máximo potencial dos híbridos de milho é fundamental que eles sejam posicionados corretamente. Esse fator está diretamente relacionado com as chances de sucesso da sua lavoura.

E para atingir essa produtividade é preciso levar em consideração a época de semeadura, as condições do ambiente e os sistemas produtivos.

"É importante que o produtor tenha em mente que a recomendação do posicionamento dos híbridos não é uma receita de bolo. Cada situação de clima, fertilidade do solo, época de plantio, nível de tecnificação, estratégia de rotação de culturas, entre outros, indicará o híbrido ideal que, em muitos casos, não será o mesmo recomendado para a propriedade vizinha ou nem mesmo para outro talhão da propriedade", explica Juliano Calonego, professor da Unesp.


As principais estratégias para o posicionamento de híbridos

1. Zonas agroecológicas: é necessário seguir as orientações do Zoneamento Agrícola de Risco Climático estabelecido pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), pois ele ajuda a identificar a melhor época de plantio nos diferentes tipos de solo e ciclos de cultivares em cada município, abordando aspectos como clima, altitude, pluviosidade, temperatura e fotoperíodo.

2. Maturidade relativa: indica o número de dias necessários para a planta atingir a maturidade fisiológica. Esse fator vai possibilitar a seleção de híbridos de milho mais adaptados a diferentes períodos de cultivo, como safra verão e safrinha.

3. Grupos de adaptação: é necessário considerar aspectos como tolerância a estresses hídricos, resistência a doenças e pragas, entre outras características que afetam o desempenho do milho em diferentes ambientes.

4. Características específicas: potencial de rendimento, espaçamento entre as sementes, qualidade dos grãos, resistência a doenças específicas, altura das plantas, entre outros aspectos devem ser considerados.

Você pode encontrar todas essas informações no catálogo de sementes para escolher os híbridos que mais condizem com as suas necessidades. Vale lembrar, ainda, que os direcionamentos são baseados em muita pesquisa, testes e conhecimento adquirido em muitos anos pela indústria.


Programas e ferramentas digitais para maximizar resultados

Para fazer o posicionamento dos híbridos da maneira mais adequada, a Bayer disponibiliza programas e ferramentas digitais que auxiliam na maximização da produtividade e rentabilidade das lavouras, como o programa Bayer VAlora Milho.

Por meio dele, o produtor pode se cadastrar para receber prescrições de densidade de sementes e de aplicação de nitrogênio recomendadas para cada talhão, tendo o risco do investimento adicional em sementes compartilhado.

Tanto por meio da ferramenta como com os representantes de vendas da Bayer, você pode saber mais sobre as sementes Agroceres, Agroeste e Dekalb, que são excelentes escolhas para conquistar alta performance, estabilidade, sanidade e alta qualidade de grãos, colmo e raiz. A Bayer oferece uma linha completa de híbridos que consiste em muita pesquisa e tecnologia para aumentar o teto produtivo e maximizar os resultados.


O que considerar na escolha do híbrido?

É importante ressaltar que, na hora de fazer o planejamento da safra, é necessário levar em conta a sua experiência na propriedade a fim de coincidir as suas necessidades com as características do híbrido, como:

  • Tolerância a estresses hídricos
  • Resistência a pragas e doenças
  • Capacidade de desenvolvimento em diferentes temperaturas
  • Região de cultivo
  • Clima
  • Tipo de solo
  • Disponibilidade de água
  • Outros fatores do ambiente e precocidade

Neste momento da safra em que estamos, para o plantio tardio, os híbridos hiperprecoces são ideais, pois entregam versatilidade e menor risco de perdas pelo clima.

As principais vantagens do posicionamento correto desses híbridos são otimizar a produtividade do milho, economizar recursos como água e insumos, maximizar o potencial genético da semente, obter maior resistência às adversidades, maior rendimento por área cultivada e produzir grãos de alta qualidade. Ou seja, não há dúvidas de que escolher os melhores híbridos de milho e posicioná-los da forma correta no estande vai trazer muitos benefícios para sua lavoura.