10 MIN DE LEITURA

Práticas e tecnologias que podem ajudar a maximizar sua produção de algodão

07 de dezembro de 2023

algodão

A cultura do algodão é muito sensível a ocorrência de doenças, falta ou excesso de água, e deficiência nutricional, no entanto, é muito responsiva ao manejo. Neste contexto, para que uma lavoura de algodão seja produtiva, é necessário promover um ambiente ótimo para a cultura, o que envolve práticas agronômicas, cultivares de alta performance, e o uso estratégico de ferramentas digitais.

Prossiga nesta leitura para saber quais são as práticas agronômicas que devem ser realizadas desde o plantio até a colheita do algodão, e conheça algumas ferramentas e tecnologias Bayer que podem te ajudar a produzir mais.


Práticas agronômicas indispensáveis para obter uma lavoura de alta produtividade

O cultivo do algodão é um processo complexo, que envolve uma série de práticas agronômicas indispensáveis. Além da alta eficiência durante as operações, o manejo do algodoeiro exige muito conhecimento técnico, e atenção aos mínimos detalhes.

Conheça as práticas agronômicas importantes para a produção de algodão de qualidade, e os produtos Bayer que podem ser utilizados para melhorar a performance da cultura e das operações de manejo:

Escolha de cultivares de algodão adaptadas à lavoura
Existem diversos tipos de cultivares de algodão. Todas elas são adaptadas a diferentes climas e ambientes, e apresentam características específicas, como tolerância a estresses hídrico, pragas ou doenças, potencial produtivo, e exigência nutricional.

A escolha de cultivares de algodão adaptadas à região onde a lavoura está localizada, é fundamental para que o algodoeiro produza fibras de qualidade. A adoção inapropriada da cultivar pode causar problemas irreversíveis ao longo da safra, prejudicando drasticamente a produtividade da lavoura.

Para ajudar o cotonicultor a produzir algodão de qualidade, a DELTAPINE®, da Bayer, oferece cultivares adequadas para diversos ambientes, com foco em alta performance.

O portfólio da DELTAPINE® é fruto do maior banco de germoplasma de sementes de algodão do mundo, e entrega ao cotonicultor o que há de mais moderno no mercado, de forma aplicável e personalizada. Além disso, as sementes DELTAPINE® podem ser entregues com tratamento de sementes industrial (TSI), realizado pela Bayer.

Adoção de biotecnologia de proteção de plantas
A biotecnologia é uma ferramenta que transformou a produção de algodão no mundo. Além de proteger a cultura do ataque de pragas, este tipo de tecnologia flexibiliza o manejo de plantas daninhas, e otimiza o custo do produtor com inseticidas e operações de pulverização.

Com foco em lavouras de alta performance, a DELTAPINE® também oferece aos cotonicultores cultivares com a tecnologia BOLLGARD®️ 3 RRFLEX, biotecnologia da Bayer, que foi desenvolvida exclusivamente para proteger a cultura do algodão.

A tecnologia BOLLGARD®️ 3 RRFLEX, que é integrada à genética da planta de algodão, confere tolerância ao glifosato, e protege a cultura do ataque das principais lagartas do algodoeiro:

Operações agrícolas com a máxima eficiência

As operações agrícolas são parte das práticas agronômicas que devem receber muita atenção do cotonicultor durante toda a safra. A máxima eficiência durante destes processos é essencial para que a cultura do algodão encontre condições ideais para se desenvolver.

Para otimizar recursos, e tornar as operações agrícolas mais eficientes, assertivas e seguras, os cotonicultores podem contar com a ferramenta digital FIELDVIEW®.

Desenvolvida pela Bayer, a tecnologia FIELDVIEW® é capaz de capturar, integrar, e armazenar dados das diversas operações que ocorrem na lavoura ao longo das safras. A partir dos dados capturados pela ferramenta, é possível criar um histórico da lavoura, considerando características de cada talhão cadastrado.

Veja as quais são as operações mais importantes da safra de algodão, e como FIELDVIEW® pode ser utilizado durante cada uma delas:

  • Preparo do solo
    O solo deve ser adequadamente preparado para o cultivo do algodão. Isso inclui aração, gradagem e adubação para criar as condições ideais para o enraizamento e crescimento das plantas. Com o histórico da lavoura gerado pelo FIELDVIEW®, é possível identificar as necessidades de cada talhão em relação as operações de preparo do solo.

  • Plantio
    As sementes devem ser semeadas na profundidade correta, e na distância apropriada umas das outras. Para realizar esta tarefa com eficiência, é fundamental seguir as recomendações do fabricante de sementes. Durante o plantio, FIELDVIEW® pode ser utilizado com o objetivo de monitorar e gerar indicadores de performance em tempo real.

  • Manejo de pragas, doenças e plantas daninhas
    Pragas, doenças e plantas daninhas, podem atrapalhar o desenvolvimento da planta, e atacar e contaminar os capulhos e plumas. Com FIELDVIEW®, é possível monitorar a operação de manejo para cada um desses alvos, e criar um histórico com dados que podem orientar todo o planejamento de pulverizações.

  • Manejo nutricional
    A cultura tende a sofrer com estresses e adversidades, e o manejo nutricional, principalmente com adubação de cobertura de macro e micronutrientes, pode ajudar na recuperação das plantas durante a safra. Utilizando FIELDVIEW®, o cotonicultor pode monitorar as operações de manejo nutricional, e saber exatamente quando, onde e como as demandas nutricionais da cultura devem ser atendidas.

  • Irrigação
    Embora existam áreas de sequeiro produzindo algodão, o cultivo com o uso de irrigação é muito comum, tendo em vista que a cultura exige uma quantidade específica de água em cada etapa da safra. Para otimizar o processo de irrigação do algodão, é possível utilizar FIELDVIEW® no monitoramento e controle de oferta de água na lavoura.

  • Colheita
    A colheita do algodão requer máquinas especializadas, e um bom acompanhamento da operação para ajustes no equipamento durante o processo. Com FIELDVIEW®, o cotonicultor pode monitorar a colheita em tempo real, e acessar indicadores de produtividade. Além disso, os dados capturados durante a colheita podem ser armazenados e associados a cada talhão cadastrado na ferramenta.

Além das práticas e operações realizadas corretamente, o manejo do algodão exige monitoramento constante das condições da lavoura, do clima e das plantas daninhas, e do crescimento vegetativo da planta de algodão.

O monitoramento de pragas, doenças e plantas daninhas também é indispensável para a tomada de decisão em relação ao manejo de cada alvo.

Junto do monitoramento visual, o cotonicultor pode utilizar FIELDVIEW® para gerar mapas, que podem orientar diversas recomendações, como a aplicação de reguladores de crescimento de acordo com o desenvolvimento da cultura do algodão. Além disso, o produtor pode usar esta plataforma para coletar informações durante as operações realizadas na cultura, como plantio, pulverização e colheita. Esses dados são processados e servem de base para gerar mapas e relatórios, que permitem ter insights e tomar decisões mais assertivas, maximizando a produtividade e a rentabilidade da cultura.

Para saber mais sobre como tecnologias Bayer podem ajudar a maximizar a produtividade da sua lavoura de algodão, assista ao Impulso Negócios Ep1, do canal Agro Bayer Brasil no YouTube: